Ideias para decorar espaços pequenos confortáveis

2011
Decorar espaços pequenos
Decorar espaços pequenos

Você sonha com uma mansão enorme para poder decorá-la à sua vontade. Mas, e o que se calhar não sabe, é que decorar espaços pequenos pode ser uma verdadeira oportunidade de desafiar a sua imaginação e criatividade.

Decorar espaços pequenos

A casa da sua amiga é enorme! Você julga que só numa casa com tamanhas dimensões é que se podia deliciar a decorá-la com todas aquelas coisas que vê nos filmes, nas telenovelas, nas revistas ou em casas de decoração. Porém, não desespere!

As coisas não são assim tão complicadas, e basta ter um pouco de imaginação e um sentido de aproveitamento de espaço bem definido na sua mente para que tudo se possa resolver.

Aproveitar o espaço disponível

Em primeiro lugar, e numa casa pequena, é necessário aproveitar convenientemente o espaço de que dispõe, sem, contudo, exagerar na quantidade de objectos. Uma coisa é a casa estar bem arrumada e outra é parecer um armazém!

Pode recorrer a materiais e soluções baratas, caso o seu orçamento não seja o melhor. Actualmente, já se consegue encontrar coisas bem divertidas e de muito bom gosto em locais com preços bastante razoáveis.

Num só espaço pode reunir três funções distintas: a sala de estar, a de jantar e a cozinha. Hoje em dia, é já comum encontrarmos a popular sala de estar com uma atraente mesa de jantar, ao centro ou num dos cantos, e uma pequena cozinha.

A zona que separa a cozinha da sala está dividida por um moderno balcão, onde tanto pode beber um café ou cozinhar as suas refeições.

Este tipo de casas é muito comum nos Estados Unidos: as pessoas optam por reunir num único espaço estas três vertentes, sendo esta também uma forma de ter a família mais próxima – enquanto uns cozinham, outros colocam a mesa e as crianças podem estar a ver televisão ou a brincar, ali, bem perto de si.

A iluminação do espaço

Esta zona deve ser muito bem iluminada, com muita luz natural durante o dia. Quanto mais luz vier lá de fora, maior será a alegria e a beleza do seu lar. Assim, certifique-se que tem uma janela ampla ou mesmo uma varanda que permita conferir à casa uma maior harmonia. De noite, a luz artificial deve ser bem escolhida.

A cozinha

A cozinha pode ser iluminada por focos encaixados na zona superior da mobília ou pode mesmo optar por focos diretos sobre a bancada.

A sala

A iluminação da sala dever ser assegurada com um candeeiro de tecto e outro de pé, para garantir a adequação da luz àquilo que estamos a fazer. O facto de estarem três divisões da casa reunidas num único espaço, isso não significa que haja somente uma luz geral.

A escolha da mobília ao decorar espaços pequenos

A mobília da cozinha pode ser castanha, escura ou clara, consoante a sua preferência. As bancadas, para não dar um aspecto tão pesado, podem ser brancas, assim como o balcão principal.

Há quem prefira tudo em tons muito claros ou mesmo brancos, mas não se esqueça que vai ter que conjugar a decoração da zona da cozinha com a da sala. Você é que decide se prefere tons escuros ou claros, mas nunca exagere na discrepância de tonalidades.

No quarto

O quarto deve também ter janelas grandes e que permitam a entrada de muita luz para dar um sorriso diferente ao seu despertar. Para poupar espaço e para não ter muitos armários no seu quarto, opte por um roupeiro daqueles até ao tecto e assim já pode guardar tudo, ou quase tudo, que não sabia onde guardar.

O roupeiro pode ter espelho ou não, mas isso já é uma questão que fica ao seu critério. O chão pode ser de madeira, e nesse caso opte por tons deste género na restante decoração do quarto, ou ser em mosaicos claros e, quem sabe, ousar abusar nas misturas das cores do quarto.

Os objetos para decorar espaços pequenos

Os objectos decorativos do quarto ou da sala não necessitam ser os tradicionais. Pode optar por coisas decorativas de ferro, como a mesa de cabeceira ou mesmo o candeeiro de pé.

A diferença entre a sua casa e as restantes vai estar nos objectos decorativos que nela coloca. Opte por peças diferentes, originais e fora do vulgar, que encontrará facilmente num dos muitos antiquários espalhados pela cidade.

Um relógio de parede, flores, de preferência artificias, ou um cadeirão para ler repousadamente, são alguns dos elementos que devem vigorar no seu quarto. Tudo bem arrumado e alegre, mas com um toque decorativo muito especial: o seu!

A casa de banho

A casa de banho deve ser também muito alegre. É necessário aprender de uma vez por todas que a casa de banho é um local como outro qualquer, que também necessita de conforto e de uma boa dose de bom gosto.

Opte também por cores alegres, algumas flores e muita luz. As cores claras continuam a ser ainda as preferidas dos portugueses, facto compreensível devido à descontração que proporciona. De mosaicos claros, com azulejos exibindo alguns motivos, um banco a condizer e flores verdes, a casa de banho passará a ser também uma das suas divisões preferidas.

Meta mãos à obra e descubra o mundo de objectos que pode colocar na sua casa, mesmo com um espaço limitado. O importante é ter ideias imaginativas, perfumadas de alegria e de conforto!

Você vai ser a decoradora da sua própria casa, por isso dê o melhor de si! Não tem mal algum ir buscar uma ideia aqui, outra ali, mas acima de tudo dê um toque final de sua autoria.

Sinta-se bem no ambiente que criou para si, e desfrute ao máximo do seu ‘ninho de aconchego’. Use e abuse da imaginação! Afinal, se a possuímos devemos usá-la da melhor forma!

Conheça também os erros a evitar, ao decorar espaços pequenos.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]