O canário, o canto das aves mais harmonioso

3222
Canário, o belo canto das aves

Todas as pessoas gostam de ouvir o harmonioso canto das aves. E o canário é uma das aves que melhor sabe proporcionar esse prazer.

O canário

Pode unir o útil ao agradável e, com alguns cuidados, ter em sua casa uma ave cantora, bonita e que é um ótimo animal de estimação, e também um hobbie interessante para quem deseja realizar criação.

No caso de pretender apenas um animal de estimação, deve ter uma especial atenção à gaiola onde vai instalar o seu amigo de penas. Não escolha uma gaiola demasiado pequena, porque ele precisa de praticar exercício.

Como escolher a gaiola

A gaiola deve ser retangular, de cobertura retangular ou levemente abaulada, sem ornamentos e os poleiros devem estar afastados entre si para obrigar o pássaro a voar.

Como distinguir o macho da fêmea dos canários

Apenas os machos cantam, mas por vezes é difícil distinguir os animais por sexo porque algumas fêmeas também cantam, embora sem a intensidade e variedade dos machos e estes podem deixar de cantar durante a mudança da pena.

Se tiver oportunidade de comprar um canário durante a Primavera, época de criação, observe ou pergunte na loja qual o tipo de comportamento de cada animal.

A fêmea durante esta época porta-se como uma cria, esvoaça excitadamente pela gaiola e emite sons como se de um recém-nascido se tratasse, chegando mesmo a ser alimentada pelo macho.

A alimentação

Depois de adquirir o seu animal, é altura para a principal preocupação: a alimentação.

Quando em liberdade, os canários alimentam-se essencialmente de plantas e insectos, mas quando em cativeiro, deverá compensar estes nutrientes em falta através de ovo cozido, geralmente muito picado ou em forma de papa, misturado com pão ralado, bolachas e biscoitos.

Indispensáveis são também os vegetais, que devem ser de cultura biológica para evitar problemas de intoxicação, e que devem ser acrescentados à alimentação na altura da Primavera, de forma gradual.

Quase todos os tipos de frutas são bem aceites pelos canários, ao que pode acrescentar couve galega, cenouras, espinafres e ervas do campo.

A acrescentar a isso, deve ainda dar vitaminas ao seu canário, necessárias quer para uma vida saudável como para a sua capacidade reprodutora e não esquecer os minerais, importantes para a formação das partes ósseas do corpo e para evitar doenças.

Deve ainda disponibilizar-lhes alguma areia, que alojada na moela vai ajudar os animais a triturar as sementes.

Outros alimentos a acrescentar ao menu são a colza, considerado como o ‘pão dos canários’, a alpista, a Níger, uma semente farinácea, a aveia descascada, linhaça e sementes de alface.

As doenças mais comuns dos pássaros

Como qualquer ser vivo, os canários estão sujeitos a doenças, sendo que os animais mais velhos e os mais jovens estão mais predispostos a problemas. Os primeiros sintomas de doença são a perda de vivacidade, com as penas abertas, os olhos sem brilho e apoiar-se no poleiro com as duas patas para dormir.

A gordura ou a magreza excessiva, as penas do pescoço sujas e as narinas a supurar, são mais alguns dos aspectos de alerta.

É de máxima importância um tratamento imediato logo que se detectem os primeiros sintomas, porque a maior parte das doenças acaba por matar o animal em apenas 24 horas.

No caso de não poder contar com o apoio imediato do veterinário, a melhor medida em caso de doença é submeter o pássaro a calor. Coloque-o de imediato numa gaiola aquecida a 30º / 35º durante os primeiros três dias e baixando-a depois de forma gradual.

Aplique ainda um antibiótico como a Terramicina ou a Aureomicina, a que deve acrescentar um suplemento de vitaminas, para evitar a destruição da flora intestinal provocada pelos antibióticos.

E depois destes cuidados primários é altura de começar a criar uma relação de amizade com este pequeno animal e desfrutar do seu canto.

Se um gato também é um dos seus animais de estimação, então saiba como cuidar do seu pelo aqui.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]