Saiba como alimentar os peixes de água doce

3576
Como alimentar peixes de aquário

Todo e qualquer animal tem necessidade de se alimentar. Tal como os seres humanos também os peixes de água doce precisam de alimentar-se devidamente.

Como alimentar os peixes de água doce

Os peixes de aquário fazem parte do lar de muitas pessoas. É comum entrar-se na casa de alguém e deparar-mo-nos com um belo aquário, repleto de peixinhos coloridos e velozes, que estimulam o imaginário de qualquer um e aquilo que de mais belo a natureza pode oferecer ao ser humano.

Porém, e para se manter um aquário em condições razoáveis, é preciso ter consciência de que são necessários alguns cuidados fundamentais, sendo um deles a alimentação cuidada e indicada para os seus peixinhos. É preciso fornecer-lhes sais minerais, proteínas, lípidos, vitaminas e cabro-hidratos.

No seu habitat natural, os peixes alimentam-se do que o meio ambiente lhes fornece. Insectos ou algas são alguns dos alimentos naturais dos peixes, e que lhes fornecem a respectiva oportunidade de manter saudável a sua existência.

Quando os peixes são retirados deste meio é necessário preencher a lacuna deixada por esta alimentação, e substitui-la por outra que, embora não seja idêntica, consegue oferecer as mesmas condições.

Assim, ao deslocar-se a um supermercado ou loja indicada para alimentação e artigos para animais, encontra uma vasta gama de alimentos que proporcionam aos peixes de aquário uma vivência perfeitamente saudável e em condições que respeitam o seu habitat natural.

Tipos de alimentos para peixes

Os alimentos podem apresentar-se em flocos, granulados, barra ou stick, possibilitando uma maior diversidade de opções para os seus consumidores.

Embora possa julgar que deve encher o aquário de comida, fique desde já a saber que esta não é a melhor solução para os ver saudáveis. Na realidade os peixes conseguem estar algum tempo sem comida, sendo preferível dar-lhe a menos do que a mais.

Alimentar os peixes duas vezes por dia é suficiente, e sempre em poucas quantidades.

De seguida, deve limpar os restos de alimentos do aquário para que os peixes não tenham tendência a ir digeri-los mais tarde. Os peixes dividem-se em várias espécies e, naturalmente, que cada espécie tem as suas necessidades específicas.

Alimentos granulados

Portanto, deve informar-se sobre qual o tipo de alimentação mais adequado para os seus peixes. Por isso, existem no mercado os alimentos granulados especialmente indicados para os peixes que preferem pedaços maiores.

Quase todos os peixes apreciam este género de alimentos já que, e embora sendo maiores, dissolvem-se rapidamente na água.

Os alimentos em flocos são os mais multifacetados de todos os géneros de alimentação, e que se adequam a quase todos os peixes, independentemente do tamanho.

Aqueles que se encontram na superfície alimentam-se e os restantes, aqueles que povoam o fundo do aquário, acabam também por se alimentar pois os flocos após flutuarem têm tendência a depositar-se no fundo do aquário.

Alimentos em stick

Para os peixes maiores encontra-se no mercado uma gama de alimentos em stick. Estes alimentos são maiores que os anteriores e destinam-se a peixes de dimensões mais amplas e que, por isso, necessitam de alimentos de outro porte.

Alimentos em barra

Finalmente, é também possível encontrar alimentos em forma de barra que fazem as delícias de muitos peixes. Estes alimentos em forma de barra permitem que os mesmos mordisquem o alimento e que brinquem para o conseguirem alcançar.

Os peixes de fundo do aquário fazem deste momento uma enorme festa, levando a que cada um deles se esforce o máximo para alcançar o seu alimento.

Aprenda que o excesso de comida não é aquilo que faz os seus peixes ficarem saudáveis, e que para cada espécie há necessidades específicas e únicas.

Faça também do seu aquário a reconstituição perfeita do habitat dos seus peixinhos, para que se sintam em casa e cheios de energia e felicidade.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]