Sincronicidade, as coincidências significativas ao longo da vida

2050
Coincidências significativas
Coincidências significativas

Muitos de nós já tiveram experiências de coincidências significativas ao longo da vida. Por vezes são acontecimentos pouco relevantes, outras vezes são histórias que alteram completamente o rumo dos nossos percursos.

Coincidências significativas

Acontece pensarmos numa pessoa, e esbarrarmos com ela na esquina mais próxima, ou tocar o telefone e para grande espanto nosso, ser a pessoa que tínhamos recordado e gostaríamos de contactar.

Outras vezes pensamos que precisamos de mudar de emprego e, eis que horas ou poucos dias depois aparece alguém que nos faz uma proposta interessante.

Às vezes sentimos necessidade de encontrar uma orientação para um dilema ou problema, e a resposta pode surgir num livro que pegamos à toa, ou pela boca de alguém inesperado.

Por vezes sentimos vontade de ir a um lugar específico, sem sabermos bem porquê, e encontramos alguém que se torna importante e especial.

Acontece termos adorado uma música, para mais tarde sabermos que essa mesma melodia foi também muito significativa para alguém muito especial nas nossas vidas.

São muitas as histórias de pessoas que deixaram cair objectos no momento em que alguém querido, mas afastado no espaço, sofria um contratempo mais ou menos grave.

Ou aquelas em que a luz se apaga quando mencionamos um assunto complicado, ou o telefone se desliga quando íamos contar uma história intrigante.

Podemos dizer que foi o acaso. Mas que acaso é este que tem tanto sentido para nós naquele momento? Que coincidências são estas em que tudo parece obra maior para nos conduzir a alguma situação, ou conferir algum sentido às nossas experiências?

São exactamente estas coincidências, às quais atribuímos um sentido especial, que chamamos de significativas. Também são conhecidas como um fenómeno de sincronicidade, ou seja, quando uma questão interna da pessoa e um acontecimento externo ocorrem simultaneamente, ou relativamente próximas no tempo, de um modo significativo.

Estas ocorrências não podem ser explicadas de um modo linear, nem podem ser causadas ou evitadas deliberadamente. Elas simplesmente acontecem, deixando-nos por vezes embasbacados, outras vezes deliciados com as maravilhas e surpresas da vida.

A maior parte destes acontecimentos são claros e de leitura directa, outras nem tanto. Por vezes não estamos seguros do significado dessas coincidências, mas de algum modo elas assombram-nos por momentos, trazendo-nos alguma informação nova ou reveladora, ou obrigando-nos a uma breve pausa e reflexão.

O mais provável, é o tempo tornar claro algum acontecimento que sentimos significativo, mas que desconhecemos a sua orientação.

Como não são fenómenos provocados, conscientemente, por nós, resta-nos aproveitá-los quando eles surgem e não nos assustarmos com a sua presença.

Para quem gosta das coincidências significativas, e as aproveita para encontrar mais sentidos e magia na vida, fica a recomendação de as aproveitar quando elas aparecem, sempre com o cuidado de não as tentar encontrar activamente.

Quando fazemos um esforço para encontrar uma relação de causa e efeito entre acontecimentos, não estamos perante uma coincidência significativa. Esta sincronicidade revelam-se sempre espontaneamente. E para que elas ocorram, basta que as notemos e aceitemos naturalmente.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]