Se não fossem os amigos de Rosie Rushton

633
Se não fossem os amigos de Rosie Rushton
Se não fossem os amigos de Rosie Rushton

Se não fossem os amigos de Rosie Rushton. Um grupo de amigos continua ainda a ter alguns problemas,mas o significado da amizade e a dificuldade em ser adolescente hoje em dia sãoos temas de destaque deste livro.

Se não fossem os amigos de Rosie Rushton

Depois da festa de Chloe tudo parecia ter ficado bem, mas eis que os problemas familiares, os dramas amorosos, e as crises existenciais regressam em força. Os pais insistem em controlar-lhe os passos e a intrometerem-se na sua vida, transformando-a num autêntico pesadelo, sem falar nos desgostos amorosos que teimam em não ir embora de vez.

Com a chegada de Jack, Chloe fica nas nuvens. Mas apenas temporariamente… Será que a presença de Jack lhe dá a estabilidade necessária? Ainda por cima agora, que o pai saiu de casa. Como será que ela e a mãe irão ultrapassar a ausência do pai? E o Nick, será que ele nunca vai entender que para Chloe ele é apenas um amigo? Quando é que ele vai esquecer a paixão avassaladora que sente por ela?

Jasmin e Sangay parecem, finalmente, estar no caminho do entendimento mútuo, mas será que este crescente amor agrada dos pais deles? Entretanto, quando tudo e todos estão mal, Sined parece ter encontrado a solução para os problemas de todos os amigos, mas será que ela consegue superar os seus próprios problemas e realizar os seus sonhos?

A juntar à famosa e descomplexada colecção Clube das Amigas chega a continuação do título “Os Rapazes e as Miúdas do nosso Grupo”. Uma vez mais, o livro apresenta o mesmo grupo de amigos, agora com outros problemas. Fala-se do verdadeiro significado da amizade e mostra o quão é difícil ser-se adolescente nos dias de hoje…e se não fossem os amigos seria bem pior!

Um livro de Rosie Rushton, lançado pela Editorial Presença, e que nos mostra a dificuldade de se ser adolescente.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]