O Jardim Suspenso de Ian Rankin

690
O Jardim Suspenso
O Jardim Suspenso

O Jardim Suspenso de Ian Rankin da Editorial Presença

O Jardim Suspenso

A procura de um antigo criminoso de guerra nazi terá de esperar até que o detective John Rebus tem de proteger e por a salvo uma jovem refugiada bósnia, enviada para Edimburgo como escrava sexual.

Com vista a castigá-lo pela sua língua afiada os superiores de John Rebus entregam-lhe uma enorme pilha de papelada burocrática acerca de um suspeito criminoso nazi. Mas a disputa entre dois grandes rivais do crime organizado na cidade de Edimburgo leva a que estas investigações fiquem para trás, enquanto todas as entidades tentam deter o rio de sangue que jorra entre os dois grupos, o do chefe da mafia Big Ger Cafferty e de Tommy Telford, um jovem que não respeita qualquer código de honra entre criminosos para obter o poder que deseja.

Entre os dois está Candice, uma jovem bósnia levada para a Escócia para trabalhar, mas que acaba por ser obrigada a dedicar-se à prostituição e que é o único elo de ligação a Tommy Telford. Meramente por acaso, John Rebus vê-se metido no barulho e acaba por ficar com o encargo de a proteger.

Todavia a sua vida vai ficar em perigo e mesmo os daqueles que lhe estão próximos e quando a sua filha é vítima de um acidente de trânsito demasiado profissional, Relbus não vai olhar a meios até conseguir alcançar o seu objectivo: colocar Tommy atrás das grades.

Um romance policial de cortar a respiração em que mais uma vez a luta entre o bem e o mal está bem patente, embora com contornos esbatidos. Este é mais um livro de Ian Rankin, o nono com John Rebus como personagem principal, que a Editorial Presença faz chegar até aos leitores portugueses.

Ian Rankin nasceu em 1960 e graduou-se na Universidade de Edimburgo. Foi jornalista de rádio, criador de porcos, vindimador, cobrador de impostos e músico punk, uma larga experiência que lhe permite um olhar diferente sobre o mundo e pintá-lo com cores também elas um pouco diferentes do habitual.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]