O diário da nossa paixão de Nicholas Sparks

1548
O diário da nossa paixão de Nicholas Sparks

A Editorial Presença acaba de lançar em 19ª edição, O Diário da Nossa Paixão do famoso Nicholas Sparks. Um livro escrito com uma força delicada e comovente, uma beleza surpreendente e arrebatadora como há muito já não se encontrava na literatura recente.

O diário da nossa paixão

Todas as manhãs ele lê para ela, de um caderno desbotado pelo tempo, uma história de amor que ela não recorda nem compreende.

Um ritual que se repete diariamente no lar de idosos onde ambos vivem agora. Pouco a pouco, ela deixa-se envolver pela magia da presença dele, do que ele lhe lê, pela ternura dele… E o milagre acontece.

A paixão renasce, transpõe o abismo do tempo, o abismo da memória, e por instantes ela volta para ele… Apesar da doença. Mas haverá mais.

Todos os dias, ele lê-lhe a história de um simples rapaz sulista e de uma rapariga destinada a brilhar na high society. A primeira paixão, clara como uma manhã orvalhada de maravilha e descoberta. Afastados depois pela impiedosa exigência do abismo que os separa.

Catorze anos mais tarde, ele é um sobrevivente da guerra e ela está a poucos dias de tornar-se a mulher de um outro homem. Mas volta por uma necessidade imperiosa de o rever. O reencontro traz de novo toda a magia. Terá o amor poder suficiente, desta vez?

Mas haverá mais. Sempre.

Nicholas Sparks, o jovem autor deste inesperado bestseller, nunca esqueceu o ensinamento que a relação amorosa dos pais da sua mulher, casados há mais de 62 anos, lhe transmitiu – a possibilidade de viver em estado de paixão mesmo depois de vários anos de convívio.

Foi por isso que decidiu escrever este comovente romance de amor que acompanha o enamoramento entre um homem e uma mulher, que só no final das suas vidas concretizam uma paixão arrebatadora.

Entrevistas dadas pelo(s) autor(es): Nicholas Charles Sparks tinha 19 anos quando escreveu o seu primeiro livro. Um título que se perdeu nas gavetas do seu quarto, mas que assinalou o seu primeiro passo em direcção a um sonho: o de ser escritor.

Nicholas Sparks

Natural de Omaha, Nebraska, nasceu a uns escassos 80 minutos da chegada do ano de 1966, e levou uma vida muito nómada enquanto criança. Só em 1974 os seus pais se estabeleceram em Fair Oaks na Califórnia, onde cresceu e passou grande parte da sua juventude.

Com uma bolsa de estudo, ganha por Desporto, frequentou a Universidade de Notre Dame, onde um grave acidente lhe destruiu o sonho de se tornar atleta de competição. Mas foi também nessa altura que descobriu o poder balsâmico da escrita: de uma primeira experiência nasceram dois livros inéditos, e que segundo o autor, assim irão permanecer. Com apenas 32 anos consideraram-no o “golden boy” da ficção americana.

Durante algum tempo foi empregado de restauração, vendedor imobiliário e delegado de informação médica, até que Theresa Park, agente literária, decidiu começar a representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance O Diário da Nossa Paixão (The Notebook) à Warner Books.

O sucesso foi imediato e a obra esteve nos top’s americanos durante 56 semanas consecutivas.

Seguiram-se os livros As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um Momento Inesquecível (Walk to Remember), também estes sucessos editoriais de grandes proporções, tendo o primeiro sido adaptado para versão cinematográfica pelo próprio autor.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]