É só um filme – Vida e obra de Alfred Hitchcock

1351
É só um filme - Vida e obra de Alfred Hitchcock
É só um filme - Vida e obra de Alfred Hitchcock

É só um filme – Vida e Obra de Alfred Hitchcock de Charlotte Chandler da Editorial Bizâncio

É Só Um Filme

Nos seus filmes, Alfred Hitchcock encontrou a expressão perfeita para as suas fantasias.

Partilhou essas fantasias com o mundo em clássicos como:

  • Os Trinta e Nove Degraus,
  • Desaparecida,
  • Rebeca,
  • Difamação,
  • O Desconhecido do Norte Expresso,
  • Janela Indiscreta,
  • O Homem Que Sabia Demais,
  • Ladrão de Casaca,
  • Intriga Internacional,
  • A Mulher Que Viveu Duas Vezes,
  • Psico e Os Pássaros.

Em É Só Um Filme, Charlotte Chandler baseia-se nas suas longas conversas com Hitchcock, revelando frequentemente factos desconhecidos e dados inesperados sobre o homem, o realizador e os seus filmes.

Autora de excelentes biografias, Charlotte Chandler, passou vários anos com Hitchcock, falando sobre a vida e a espantosa carreira do realizador.

Também conversou com a sua mulher, Alma, com a filha, Pat, e, ainda, com muitas das lendas do cinema que participaram nos filmes de Hitchcock, incluindo Cary Grant, Ingrid Bergman, James Stewart, Grace Kelly, Joan Fontaine, Laurence Olivier, Michael Redgrave, John Gielgud, Gregory Peck, Henry Fonda, Tippi Hedren, James Mason, Eva Marie Saint, Kim Novak, Anthony Perkins, Janet Leigh e outros.

O resultado é um retrato pessoal mas também abrangente de um artista único que, entre os anos 20 e os anos 70 do século passado, criou muitos dos mais memoráveis filmes da história.

Vinte e cinco anos após a sua morte, o perfil característico de Hitchcock continua a ser um ícone instantaneamente reconhecível e os seus filmes continuam a conquistar popularidade e louvores críticos.

Charlotte Chandler apresenta-nos o verdadeiro Hitchcock: um dedicado homem de família, dotado de sentido de humor, um inglês com sensibilidade eduardiana que foi um dos grandes mestres da arte cinematográfica.

Mozart – vida e obra

Para muitas pessoas, Mozart é o maior compositor de todos os tempos. Dominado e formado por um pai muito inteligente mas frustrado e ambicioso, a história da sua vida é a história do desenvolvimento de um génio ímpar, desde a infância precoce e em muitos aspectos tocante até à realização libertada, à pobreza inesperada enquanto o dinheiro se lhe escapava por entre os dedos, e a uma morte tragicamente prematura.

Abundantemente ilustrada pela sua música, do quinto ao último ano da sua vida, este retrato biográfico revela uma personalidade fascinante mas difícil de definir, recorrendo em abundância às palavras do próprio compositor e daqueles que o conheceram.

Outras biografias de personalidades que vai querer conhecer melhor:

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]