- pub -
Inicio Lazer Fora de Casa Eu sou, eu sou, eu sou…

Eu sou, eu sou, eu sou…

760
- pub -

EU SOU DEUS, EU SOU NADA

EU SOU DEUS, EU SOU NADA

EU SOU UMA BELA MONTANHA NEVADA

EU SOU ISTO, EU SOU AQUILO, EU SOU AQUEL’OUTRO

EU SOU A ABELHA NA LINDA FLOR

EU SOU O SOL NUM DIA CLARO

EU SOU O AZUL DO VASTO ATLÂNTICO

EU SOU O VERDE PROFUNDO DA FLORESTA

EU SOU O ARCO-IRIS NO SEIO DA TEMPESTADE

EU SOU A SERPENTE DA SEMENTE DIVINA

EU SOU A BUSCA, EU SOU A CONSCIÊNCIA IMPERFEITA

EU SOU O BRILHO DA ESTRELA LONGINQUA

EU SOU A EMOÇÃO DO ESPÍRITO CANIBAL ACABADO

EU SOU A CRISÁLIDA VOANDO NO INFINITO DA MENTE

EU SOU A VIRGEM MARIA E O REFLEXO DE LUZ

EU SOU O RECOLHER DAS TROPAS ÀS CASERNAS

EU SOU A GAIVOTA OLHANDO O BATER DO CORAÇÃO AO LONGE

EU SOU A LARANJA CAIDA NO CHÃO

EU SOU A ÁGUA DA VIDA

EU SOU O AR DO VENTO UIVANDO

EU SOU A LAVA DO VULCÃO EM ERUPÇÃO

EU SOU UM PEDACO DE TERRA ONDE BROTA A ROSA

EU SOU O RITUAL DA LUA E DA ALMA

EU SOU O FARAÓ DA PIRÂMIDE CÓSMICA

EU SOU UM SONHO, EU SOU UM PESADELO

EU SOU A DESTRUIÇÃO, EU SOU A CRIAÇÃO

EU SOU UM VAGA-LUME DA PERFEIÇÃO

EU SOU O PERFUME TRAZIDO PELO TREMER DO TEMPO

EU SOU UM ABISMO ABERTO NA RAZÃO

EU SOU A FLAUTA DO AMOR TOCANDO ESFERAS VOCAIS

EU SOU A MÚSICA DAS COISAS NO LADO DE DENTRO DO PEITO

EU SOU A VIBRAÇÃO DA MÃO SOBRE O OMBRO DO PERDÃO

EU SOU AQUELE QUE VÊ PARA ALÉM DA PORTA TRANCADA

EU SOU O METAL DA RELUZENTE ESPADA DE MEL

EU SOU O PULSANTE ANIMAL VIRTUAL DA OSMOSE FACIAL

EU SOU A MAGIA QUE REFRESCA AS NARINAS DA EVOLUÇÃO

EU SOU O FOGO DA FUSÃO ATÓMICA DA PRIMEIRA SÍLABA

Manuel de Sousa

NA AMADORA, GRANDE LISBOA, PORTUGAL

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]
- pub -