Como escolher os sapatos certos para os seus pés

2747
Como escolher os sapatos certos para os seus pés
Como escolher os sapatos certos para os seus pés

Os sapatos têm um papel fundamental no conjunto da nossa toilette. Para escolher os sapatos certos devemos ter em conta alguns factores importantes. Primeiramente devemos conhecer os diversos tipos de sapatos e a forma como se dividem.

Assim podemos agrupá-los em três categorias principais:

  • amortecimento,
  • estabilidade
  • controle de movimento

Como escolher os sapatos certos:

  • Escolha sempre os seus sapatos de acordo com o seu estilo e que lhe permitam chegar ao final do dia sem estar com uma dor terrível nos pés.
  • Para os sapatos o lema “o barato sai caro” aplica-se totalmente. Não quer dizer que não haja por aí sapatos baratos muito confortáveis ou mesmo sapatos caros terrivelmente desconfortáveis, mas… as probabilidades de isto acontecer são poucas.
  • Não se esqueça que há sempre um período de adaptação a um par de sapatos novos. Comece por os usar uma tarde que vá comprar uma coisa rápida e volte logo a casa.
  • Não se esqueça que sapatos de bico fino apertam os dedos, causando calos desconfortáveis e facilitando o aparecimento de unhas encravadas.
  • Sempre que possível escolha calçado em pele pois permite boa circulação do ar, o que vai beneficiar os pés de várias maneiras: vão respirar melhor e suar menos, tendo assim menor probabilidade de criar infecções e maus odores.
  • Escolha palmilhas absorventes pois estas diminuem o calor dentro dos sapatos e evitam formação de bolhas e propagação de infecções.
  • Não utilize o mesmo sapato por mais de 2 dias seguidos.

O que deve ter em atenção quando experimenta os sapatos:

  • Para comprar sapatos escolha o final do dia, pois é a altura em que os pés estão mais inchados e terá um melhor ajustamento do pé ao sapato certo.
  • Se for comprar botas de inverno leve umas meias grossas e se for comprar sandálias assegure-se que as experimenta sem meias.
  • Se tiver pés largos, pergunte ao vendedor se o modelo que escolheu tem um tamanho grande.
  • Se os seus pés têm tamanhos diferentes, escolha sapatos com base no pé maior e coloque um enchimento no outro pé.
  • Se já tem tendência a ter pés secos cuidado no Verão com o uso de sandálias. Hidrate os seus pés a dobrar!
  • O uso constante de sapatos de bico fino ou com salto promove o aparecimento de joanetes.
  • Calçados apertados ou grandes demais comprometem a saúde dos seus pés. Uns  prejudicam a coluna, a circulação sanguínea e a superfície dos pés, outros podem causar bolhas e calos.
  • Sandálias de salto alto com tiras à volta do tornozelo evitam que os pés deslizem.

No momento da compra

  • Tente dobrar o sapato de salto por completo. Se o conseguir fazer não é bom sinal pois trata-se de um sapato com pouca estabilidade. A estrutura do próprio sapato não deve permitir que este se dobre para além da zona da bola do pé.
  • Pressione a zona dos dedos do pé de baixo para cima. Esta zona frontal deve ser bastante flexível para permitir um bom movimento dos dedos.
  • Inspeccione muito bem com as mãos o interior dos sapatos para assegurar que a sola interior é macia e forrada, ou seja, sem costuras fora do sítio ou recantos ásperos.
  • Veja bem as costuras, se estão alinhadas ou cosidas de forma uniforme, se a pele é macia, etc.
  • Saiba analisar a etiqueta do sapato para saber se a estrutura é em aço e se a sola é em pele (a melhor escolha).
  • Experimente sempre os dois sapatos e ande com eles.
  • Experimente os sapatos quando estiver em pé, pois os pés aumentam com o peso do corpo.
  • Mexa os dedos dentro do sapato. Certifique-se que tem pelo menos 2,5 cm de folga em relação ao maior dedo do seu pé.
  • Deve haver, também, espaço sobre os dedos para evitar que o sapato roce e provoque calos.
  • Se sentir algum aperto ou desconforto não compre a pensar que vão alargar.
  • A parte da frente do sapato deve ser suficientemente espaçosa para poder mexer comodamente os dedos dos pés.
  • O contraforte – a parte do sapato que faz a curva à volta do calcanhar– deve ser duro o suficiente para evitar torção ou luxação do tornozelo.
  • O calcanhar deve encaixar confortavelmente no sapato e não sair ao caminhar.
  • Assegure-se que não fica um espaço (por mais pequeno que seja) entre o calcanhar e o sapato. Se isso acontecer é sinal que estão grandes. O peito do não deve ser maior do que o próprio sapato.
Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]