Como rentabilizar o tempo no trabalho

2591
Como rentabilizar o tempo no trabalho
Como rentabilizar o tempo no trabalho

È para si difícil conseguir fazer tudo aquilo a que se propôs no início do dia? Parece-lhe que o dia é pequeno demais para os seus afazeres? Aprenda, a partir de agora, a rentabilizar o seu tempo!

O facto de viver numa sociedade demasiadamente agitada faz com que tenha a sensação que o dia é excessivamente pequeno para conseguir resolver todos os seus problemas e trabalhos.

As horas parecem voar, não há tempo quase para nada, o telefone não para de tocar, reuniões de manhã e à tarde, pilhas de correio para ver, e eis que falta sempre fazer qualquer serviço que deixa para o dia seguinte. No outro dia sucede a mesma coisa, e o trabalho tende a acumular-se.

Rentabilizar o tempo no trabalho

Em prol da vida profissional eticamente correcta, e isto inclui não faltar a qualquer compromisso laboral, é frequente que a vida pessoal fique um pouco para trás e que acabe por vir a sofrer, quando menos esperar, alguns dissabores meramente desnecessários. Assim, aprenda a gerir o seu tempo de uma vez por todas.

Estabeleça metas a si mesmo, sem ir além das suas capacidades, e organize-se o mais que puder. Ficará muito mais realizado se ao fim do dia tiver feito mais do que se propôs, do que ter feito a menos. Por isso, não exagere nas suas metas diárias!

Estabeleça prioridades

Estabelecer prioridades é extremamente importante! De uma vez por todas decida o que é mais importante para si: família ou o emprego.

Se se decidir pela segunda opção estabeleça, desde já, prioridades bem definidas para que as coisas mais importantes sejam realizadas logo ao início do dia, e as menos importante fiquem para o fim.

O seu trabalho exige muitas reuniões, exposições demoradas de serviços, muitos telefonemas e, claro está, que tudo isso leva o seu tempo. Mas, e para cumprir esses objectivos pré estabelecidos, basta apenas ser directo e objectivo.

Por exemplo, quando for para uma reunião seja o mais claro e objectivo possível, defina com precisão o que pretende, e não se perca por caminhos que em nada interessam para o negócio.

Divagações desnecessárias ou explicações maçudas, apenas vão servir para atrasar ainda mais essa reunião. O mesmo se passa com os telefonemas: seja breve, directo, não ande com muitos rodeios, caso esteja apertada de tempo.

Tudo bem que a conversa ao telefone, quer seja pessoal ou profissional, pode ser bem interessante, mas se já está cheio de trabalho esses minutos a mais podem significar mais uma hora no local de trabalho ao fim do dia.

Para não se esquecer de nada anote tudo o que tem a fazer no dia seguinte. Assim, quando chegar ao trabalho, não correrá o risco de se esquecer de nada.

Comunique de imediato aos seus amigos, caso tenha muitos, que agradecia que não fosse incomodado no local de trabalho, a não ser que o motivo assim o justifique ou então quando se tratar apenas de coisas rápidas.

Contar piadas via telemóvel, falar do novo namorado ou da peça de roupa que acabou de comprar não é uma boa estratégia para conseguir fazer todo o seu trabalho num só dia.

Nunca deixe trabalhos a meio. Se está a meio de um projecto, tudo lhe parece correr bem e, de repente, lembra-se de ir fazer outra coisa, acredite que esse não é um bom método de trabalho.

O que vai acontecer é que a sua linha de raciocínio vai-se perder, e nenhum dos dois trabalhos acabará por sair como tinha idealizado. Por isso, sempre que começar algum trabalho, faça-o todo de uma vez, sem interrupções, e não permita que ninguém a perturbe, caso necessite de se concentrar em demasia.

Só depois de ter finalizado um dos trabalhos é que pode partir para a concepção do outro, mas nunca realize os dois em simultâneo. Este não é um bom método de trabalho.

Se tiver perante uma pessoa muito incómoda, que não percebe que está cheia de trabalho, não tenha problema algum em lho dizer.

É uma forma eficaz da outra pessoa perceber que você precisa realmente de trabalhar. Esta situação aplica-se não só pessoalmente como também ao telefone, embora nunca deva ser arrogante ou demasiadamente frontal.

Um pouco de educação e classe podem mudar por completo as circunstâncias! Aprenda a ser diplomata em qualquer ocasião!

Atenção que fazer tudo num dia, não significa trabalhar muitas horas seguidas, sem fazer pequenos intervalos. Mesmo que esteja à pressa, nada justifica que faça mal à sua saúde mental!

Até porque, fazer as coisas rapidamente nunca deu bom resultado, e o mais certo é o trabalho não ficar muito bom. Mais vale fazê-lo com calma, mas que fique bem feito!

Estes pequenos conselhos podem ser milagrosos, se os conseguir seguir à regra. Aprenda a dividir o trabalho da sua vida pessoal, e nunca os misture em situação alguma. A mínima falha pode ser um erro crasso, em qualquer das situações.

Seja profissional, mas acima de tudo seja também uma ‘Pessoa’ comum, com uma vida própria como qualquer ser humano!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]