Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira

1724
Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira
Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira

Estão abertas as candidaturas para a 1ª. edição do Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira, iniciativa que visa promover obras que reflitam a qualidade e a versatilidade da madeira e, simultaneamente, soluções de construção sustentável.

Podem candidatar-se a este Prémio todos os Arquitectos, com inscrição actualizada na Ordem dos Arquitectos portuguesa, com obras construídas entre 2008 e 2011 em Portugal.

Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira

O Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira tem como Comissão Organizadora o Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, a Autoridade Florestal Nacional, o Centro Pinus e a Ordem dos Arquitectos. O Prémio conta com os patrocínios ouro da Sonae Indústria e prata de J. Pinto Leitão e Tecniwood.

Ao Prémio, de periodicidade bienal, podem candidatar-se, até 23 de Setembro, Arquitectos, com inscrição actualizada na Ordem dos Arquitectos portuguesa, com obras construídas entre 2008 e 2011 em território nacional que reflitam a qualidade e a versatilidade da madeira.

Obras que, simultaneamente, devem promover soluções de construção sustentável e demonstrar a incorporação de uma percentagem significativa de produção nacional associada à sua edificação, quer em termos do recurso a matérias-primas portuguesas quer de mão-de-obra associada.

O júri é constituído por personalidades do panorama português de reconhecido mérito e prestígio nas áreas da Arquitectura, da Engenharia e da Indústria designadas pelas seguintes entidades: Escola de Arquitectura da Universidade do Minho (presidência de júri), Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos, Secção Regional do Sul da Ordem dos Arquitectos, Laboratório Nacional de Engenharia Civil e Sonae Indústria.

Ao(s) autor(es) da obra vencedora do Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira será atribuído um prémio monetário no valor de 10.000,00€ (dez mil euros) e uma placa em madeira comemorativa para colocação na obra.

O vencedor do Prémio será divulgado em cerimónia pública a 18 de Novembro, em local a designar, na qual será também inaugurada a exposição dos trabalhos finalistas e lançado o catálogo da edição do Prémio.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]