Chegou a hora da primeira entrevista de trabalho

1141
primeira entrevista de trabalho
primeira entrevista de trabalho

Finalmente chegou o dia em que você vai á sua primeira entrevista de trabalho. Nervosa? Não há necessidade! Apenas vá confiante, determinada, demonstrando uma personalidade doseada!

Primeira entrevista de trabalho

Todas as pessoas, um dia, têm que passar por esta experiência. É algo inevitável, ao qual não pode fugir, se é que quer ser uma pessoa independente e com os seus próprios rendimentos. Investir numa carreira profissional é primordial, e a entrevista de trabalho é a primeira fase de mostrar aquilo que realmente vale e o quanto pode oferecer àquela vaga para a qual concorreu.

Vá confiante, sem no entanto exagerar, e não dê uma imagem muito forte da sua personalidade, como também não deve transmitir a impressão de que é fraca ou demasiadamente sensível.

O importante é saber dosear as coisas na medida certa, sem cair em erros crassos que lhe podem custar esse emprego. Tente ser o mais natural possível, educada, simpática q.b., e confiante das suas capacidades. Não se valorize ou se exiba em demasia, assim como também não deve começar a enumerar coisas que não sabe fazer.

Uma boa táctica é revelar que está sempre disposta a novos desafios, adaptando-se muito bem a situações variadas, bastando para isso alguma formação e acompanhamento.

Mostre-se sempre interessada em tudo o que o seu entrevistador lhe diz, mas nunca comece a fazer perguntas disparatadas ou a ser inconveniente. Há momentos fulcrais em que uma pergunta demonstra a sua perspicácia e interesse, mas existem questões que são de evitar nesta altura. Por isso, pense muito bem antes de dizer o que quer que seja.

Nada de esboçar gargalhadas estridentes, mesmo que a pessoa que lhe faz a entrevista seja bem humorada e divertida. Todavia, se o entrevistador(a) for demasiadamente arrogante também não é indicado retribuir-lhe na mesma moeda fazendo uma cara ‘feia’.

Afinal, se você está ali é porque precisa do emprego, ainda que a outra pessoa também necessite de alguém para preencher a vaga! Seja educada e modere mais os sorrisos, sem nunca colocar de parte a boa educação ou a cordialidade.

Muito cuidado com a linguagem! Não use uma adjectivação demasiadamente cuidada, mas também não recorra à gíria ou ao calão.

Saiba falar educadamente, de forma aberta, esclarecendo as suas dúvidas e demonstrando o seu interesse. Não ouse fumar perante o entrevistador, mesmo que ao cinzeiros estejam apinhados de beatas.

Nada de ir a comer um rebuçado ou a mascar uma pastilha, pois isso dá um ar extremamente desmazelado numa ocasião deste teor. Cuidado com a forma como se senta!

Deve estar direita, recta, e com uma postura firme. Nada de estar sentada de pernas abertas ou esticadas, costas quase deitadas na cadeira ou de braços cruzados.

Isto dá um aspecto de desinteresse e de enfadamento, para além de não ser nada correcto!

Tenha sempre em atenção a roupa a levar. Nada de gangas em excesso ou de um fato extremamente formal.

Opte por algo muito natural, uma saia ou calças com um blazer, de cores suaves. Não escolha coisas garridas, espampanantes, nem grandes decotes ou mini saias reduzidas.

Cuidado também com a quantidade de bijuteria a levar: pouca e discreta! Como você não sabe qual será a roupa indicada para o cargo ao qual se está a candidatar, o melhor é não abusar da formalidade e nem da excentricidade. Uma vez mais, encontre o meio termo e equilíbrio!

Antes de ir para a entrevista é sempre aconselhável saber um pouco sobre a empresa, caso a sua candidatura tenha sido referente a uma empresa. Não convém ir em branco, mas também não deve chegar lá e dar um palestra sobre aquilo que descobriu.

Além de não ser muito ético, a(s) outra(s) pessoa(s) pode(m) ficar com uma impressão de si errada, julgando-a muito desconfiada!

Reunindo todas estas pequenas dicas, facilmente executáveis, este é meio caminho percorrido para garantir o sucesso!

O resto vai mesmo depender de si, da sua experiência e habilitações, e isso já é algo que nos é completamente alheio! Confie em si mesma e nas suas capacidades!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]