Como obter sucesso na amamentação

0
2184

Os sete passos para obter sucesso na amamentação são:

1º: Calma!
2º: Calma!
3º: Calma!
4º: Saber que o leite materno digere mais rápido do que o leite artificial
5º: Saber que 80% daquilo que o bebé mama fá-lo nos primeiros 5 minutos de mamada – apaziguador, não?
6º: Saber que quanto maior é o estímulo, maior é a produção
7º: NUNCA esquecer a ….CALMA!

Ter esta informação sempre presente é importantíssimo para a serenidade do casal e harmonia com o bebé, senão vejamos.

Por exemplo no ponto 4, só com esta informação percebemos por que razão, caso seja administrado ao bebé leite artificial, este fica por vezes cinco horas sem dar sinais de fome, ao invés do que acontece quando mama leite materno, em que por vezes ao fim de uma hora ou uma hora e meia já quer voltar a mamar.

Quanto ao ponto 5, esta é a razão pela qual não faz qualquer sentido manter o bebé na mama por uma hora ou mais, como por vezes vemos ou sabemos que acontece…. É bem provável que esse bebé apenas esteja a fazer da sua mama chupeta….

Esta situação irá inclusivamente causar confusão nos horários da amamentação, nos intervalos entre mamadas e é tantas vezes causa da interrupção do aleitamento materno.

Ingrediente secreto…Saber que quanto maior é o estímulo maior é a produção

No que refere ao ponto 6 eu chamar-lhe-ia o ingrediente secreto, pois se quanto maior é o estímulo maior é a produção então estou certa em defender intervalos curtos entre mamadas!

Não só asseguram uma boa produção, como um excelente esvaziamento da mama e estou quase certa que excelentes ganhos de peso também.

E é esta a base do trabalho que diariamente desenvolvo como conselheira em aleitamento materno…. Em termos emocionais o aleitamento materno é muito poderoso, de forma bilateral – pela positiva e pela negativa. E por isso reforço que a preparação é importantíssima, pois é nesta fase que podemos pensar no que queremos e como queremos!

Mas uma relação não sobrevive sem comunicação, sem diálogo, sem partilha, e nesta fase em que está a viver um turbilhão de emoções que alteram o nosso “habitual”, falar é ainda mais importante! Sabemos que os homens têm dificuldade em compreender as mulheres, pois se não falarmos essa tarefa torna-se impossível!

Uma vez uma grávida disse: “Os meus receios com o aleitamento materno são os normais…” Isto é chinês para um homem! Fale, diga-lhe o que pensa, o que sente e como quer que ele a apoie… amamentar também o envolve a ele. Antes e durante esse processo de amamentação esse factor pode ser determinante.

Crie um espaço para esse momento tão íntimo e especial. Deve ser sereno e confortável para que a linguagem hormonal possa acontecer. Não receie pedir ajuda, isso demonstra inteligência e não fraqueza! Saiba que em todas e cada uma das fases da amamentação é normal que surjam questões… é o seu sentido de responsabilidade que a faz questionar sempre!

Perceba que a decisão de amamentar é sua, e diária… ninguém pode ou deve emitir juízos de valor acerca do que faz com a sua vida em cada momento.

Joana Freitas
Conselheira em Aleitamento Materno

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]