A decoração desceu à FIL, conheça as novas tendências de decoração

1504
A decoração desceu á FIL
A decoração desceu á FIL

Apesar desta feira estar vocacionada para os profissionais, a Mulher Portuguesa esteve na FIL só para lhe mostrar as novas tendências na decoração de interiores.

Esteve no fim do mês de Setembro, no novo espaço da FIL – Feira Internacional de Lisboa – o INTERHOME – Salão Profissional do Mobiliário e Iluminação.

A decoração desceu à FIL

Um espaço inteiramente dedicado aos profissionais destes três sectores. Em simultâneo realizou-se também a exposição INTERIORES – Terceira Bienal de Decoração, Arquitectura e Design de Interiores.

Em conjunto, estes dois salões transformam o espaço da Feira Internacional de Lisboa num Fórum de Decoração e num mega-espaço de negócios.

INTERHOME

O INTERHOME surge devido às exigências do mercado, quer da oferta quer da procura, e pela crescente apetência que os consumidores têm vindo a demonstrar por tudo o que se relaciona com a decoração.

Nesta primeira edição, o Salão contou logo à partida com as vantagens do novo espaço, considerado pelo próprio Caldeira dos Santos, director da FIL, como o mais moderno espaço de exposições da Europa.

Cerca de 127 expositores nacionais e 19 expositores estrangeiros estenderam-se pelos pavilhões 3 e 4 e ocupam uma área total de 32 mil m², Espanha, França e Itália vieram a Portugal expor o “último grito” no mundo da decoração e iluminação.

Dos sectores em exposição, o nosso destaque vai para os estofos, iluminação, mobiliário contemporâneo, mobiliário de reprodução (clássico e rústico) e mobiliário moderno. Um ambiente de extraordinário bom gosto.

Das linhas clássicas, bem rebuscadas, às linhas mais direitas, dos cromados ao rústico da madeira, encontrava-se de tudo… passando por todas as novas tendências do mobiliário nacional e internacional.

INTERIORES

Em simultâneo com o INTERHOME, decorreu a INTERIORES, um espaço dedicado à decoração de interiores, sob o lema: “Qualidade, charme, criatividade e diversidade”. Esta mostra teve em exposição uma vasta gama de artigos decorativos e utilitários, permitindo às empresas participar num espaço de encontro entre oferta e procura nesta área.

Com 216 empresas expositoras, este Salão esteve sectorizado em três grandes áreas:

Tendências de Decoração, uma área destinada aos profissionais da decoração que visualizam e projectam espaços em ambientes interiores e que estão presentes neste certame numa perspectiva de indicadores das novas tendências;

Artigos Decorativos Diversos, esta área apresentou os vários artigos utilizados na elaboração dos mais variados projectos de decoração (iluminação; mobiliário de apoio e de jardim; plantas e flores secas; artigos de Natal; etc.),

Têxteis Lar, área que reuniu os representantes do sector dos têxteis para a casa, com destaque para a roupa de cozinha, casa de banho, tapetes e tapeçarias.

Este salão tem vindo a registar um elevado crescimento em termos do número de participantes e a nova localização da FIL, um espaço com condições ideais para a concretização de contactos e negócios, vai permitir o desenvolvimento de negócios importantes para a indústria destes sectores em Portugal.

A única contrariedade é o facto de ambos os espaços estarem directamente vocacionados para os profissionais, não podendo ser visitados pelo público em geral.

O mobiliário moderno sempre presente
O mobiliário moderno sempre presente

 

Foi a pensar nisso que a Mulher Portuguesa percorreu o espaço dos quatro pavilhões e fotografou, especialmente para si, as tendências do mundo da decoração e interiores.

 

As flores secas, sempre presentes na decoração
As flores secas, sempre presentes na decoração
Uma peça de mobiliário original para o seu hall de entrada
Uma peça de mobiliário original para o seu hall de entrada
Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]