A alma fica eternamente ligada a tudo o que criou

1906
A alma fica eternamente ligada a tudo o que criou
A alma fica eternamente ligada a tudo o que criou

A alma fica eternamente ligada a tudo o que criou com a própria mente e, à proporção que o tempo passa, surgem as oportunidades de atrair e reajustar suas próprias obras.

Por isso, à proporção que o ser recebe a oportunidade de realizar algo, ao invés de considerar esse facto um obstáculo ao progresso, deve admitir, feliz, que chegou o momento de utilizar a divina alquimia do amor, substituindo por actos acertados erros do passado.

Ramatis

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]