António Ferrão, a biografia do pintor

2246
António Ferrão - pinturas
António Ferrão - pinturas

António Ferrão nasceu em Lisboa, em 1950. Em 1969 vai para Moçambique e é em Lourenço Marques que recebe a sua primeira aprendizagem na Pintura com os pintores José Pádua e António Quadros. De regresso a Lisboa tira o Curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Lisboa.

Em 1986 e 1987 frequenta o Curso de Desenho e Pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes. Desde 1985 dedica-se exclusivamente à pintura, partilhando o atelier com o pintor Hélder Fernandes.

Pintura de António Ferrão

Uniforme na sua diversidade, a pintura de António Ferrão tem tanto de encanto imediato como de imposição para uma posterior mastigação inteligente das realidades que nos propõe.

E estas, realidades quase sempre pertencentes a uma paisagem sentimental, são paisagens de alma, estados de espírito que tornaram forma, que vestiram corpos diferenciados todos eles personificando situações que são nossas, que são de todos, gestos, poses e atitudes que muitas vezes vemos e poucas vezes reparamos.

E esse é um dos segredos do pintor: olhar não com os olhos de ver, mas com os olhos de reparar.
O outro segredo importante de Ferrão é o olhar da própria obra, como se existisse um movimento contrário ao olhar do pintor e, também, ao olhar de quem quer fruir a obra.

Muitos raros são os quadros onde, explícito ou implícito, esse olhar não existe. Umas vezes traduzindo inquietação ou ansiedade, outras vezes concentração, desespero ou abandono, outras ainda, ternura, mágoa, orgulho ou serenidade, os olhares dos quadros de Ferrão são o elo de uniformização da sua obra.

Exposições colectivas e individuais

  • 1992 – Exposição colectiva no Salão da Câmara Municipal de Vila Real;
  • 1996 – Exposição individual na Galeria da Livraria Ferin, Lisboa;
  • 1997 – Exposição colectiva no Salão Nobre do Forte de Cascais;
  • 1999 – Exposição colectiva na Caixa Geral de Depósitos, Lisboa Exposição colectiva na Galeria Vértice, Lisboa;
  • 2000 – Exposição individual na Galeria Realidade no Funchal Exposição colectiva na Galeria Y Grego, Lisboa;
  • 2002 – Exposição individual no Museu da Electricidade no Funchal;
  • 2004 – Exposição individual na Galeria Vértice, Lisboa;
  • 2005 – Exposição Colectiva na Galeria 9arte, Lisboa; Exposição individual, Galeria Vértice, Lisboa; Exposição colectiva, Gallery Center, Lisboa,
  • 2007 – Exposição individual, Galeria Galveias, Lisboa,
  • 2008 – Exposição Colectiva, Galeria S. Mamede, Lisboa,
  • 2008 –  Exposição Colectiva, Galeria Oscar.

Está representado em inúmeras colecções públicas e privadas, (entre outras: Ministério da Agricultura, Galeria São Mamede, Galeria Magia Imagem, Galeria S. Francisco, Fundo de Arte Ferro Ribeiro).

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]