O regresso d’o Homem que mordeu o cão de Nuno Markl

1081

O Nuno Markl está de volta com O Regresso d´o Homem que Mordeu o Cão e promete arrasar todos de riso! Não contente com os 150 000 exemplares vendidos e a versão Gold, só para eleitos, claro, o amigo Nuno está imparável, incontrolável e mal pode esperar para vos mostrar o regresso do canídeo com prefácio da Catarina Furtado.

O regresso d´o Homem que mordeu o cão

A julgar pelos prémios anteriores – o livro foi distinguido com o galardão Calço, pela sua utilidade para substituir o pé de um móvel antigo, e o CD na categoria de Base para Copos -, O Regresso d’ o Homem que Mordeu o Cão exigirá até a invenção de uma honraria qualquer que nem vos passa pela cabeça… ou será que passa? Aceitamos sugestões.

A propósito de sovacos, uma notícia bizarra dá conta que em Bend, no estado norte-americano do Oregon, passa a ser obrigatório cheirar bem quando se anda de autocarro. Mais ainda: poderão haver pesadas multas para a malta mal cheirosa.

Assim, quando um homem de 97 anos luta para entrar num autocarro, pois não consegue ir a pé até casa, alguém lhe diz: Azar, meu amigo. Aqui, só entra por cima do meu cadáver. E já que falamos em cadáver, eu se fosse a si verificava se por acaso não morreu nenhum animal aí debaixo do seu braço.

Gostou? Então não perca esta e outras histórias bizarras, envolvendo enguias domesticadas, sexo, pensionistas, frascos de pickles e outras coisas mais, que o Nuno Markl incluiu no seu novíssimo livro O Regresso d’ O Homem que Mordeu o Cão, que a Texto Editora acaba de publicar.

Agora, pense bem: se O Homem que Mordeu o Cão foi possivelmente a melhor invenção depois da roda, imagine o Regresso do bicho!!??

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]