O casamento de Amanda de Jenny Colgan

1849
O casamento de Amanda
O casamento de Amanda

O que é que duas raparigas e dois rapazes podem fazer para acabar com a festa de casamento de um terceiro casal? A resposta está neste livro.

O casamento de Amanda

Mel e Fran são amigas de infância de Amanda, se assim se pode dizer. E são mais ou menos convidadas por esta para a cerimónia que tencionam boicotar a todo o custo a fim de evitar que Frazer, o futuro noivo, fique preso nas garras de Amanda, que apenas pretende casar para herdar o castelo e o nome da família.

Mas as coisas vão ser muito difíceis, se bem que contem com a ajuda do irmão do noivo e de outras pessoas que também não querem ver esse casamento ir para a frente.

No entanto, e como a vida tem muitas surpresas, pelo meio da história, a nossa heroína Mel ainda vai sofrer alguns dissabores com o seu namorado, a sua melhor amiga, a sua senhoria, o seu trabalho, enfim, nada que não seja sobejamente conhecido por todos os leitores.

Este é o primeiro romance de Jenny Colgan, uma romântica comédia da primeira à última página e cuja heroína se vê envolvida nos seus problemas, nos das suas amigas e inimigas e no das suas colegas de trabalho.

E como se tudo isto não bastasse, ainda tem um casamento para desmanchar, outro para arranjar e alguns problemas pessoais para despachar. Assim sendo, Mel quase apanha um esgotamento mas no fim da história vai conseguir apanhar também o seu homem.

Jenny Colgan

Nasceu em Inglaterra no ano de 1971 e trabalhou durante alguns anos em serviços de saúde, após se ter formado na Universidade de Edimburgo.

Executou trabalhos de cartoonista e de comediante em bares e este é o seu livro de estreia, alvo de uma monumental campanha publicitária em Inglaterra, que juntou mesmo alguns chocolates e muitos produtos de merchandising, levando-o ao top Tem inglês dos mais vendidos pouco tempo depois de ser comercializado.

A não perder esta hilariante comédia, editada pela Presença.

Classificação
A sua opinião
[Total: 2 Média: 4.5]