Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling

1396
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Harry Potter e a Pedra Filosofal

Este livro foi escrito para crianças, mas tornou-se um best seller graças aos adultos. É que, para além de ser uma jóia da literatura infantil, esta história tem conseguido fascinar leitores de todas as idades de uma forma totalmente inesperada – ou talvez não.

Harry Potter e a Pedra Filosofal

Como todas as histórias infantis, esta também é simples: Harry Potter é um rapazinho que, aos 11 anos de idade, descobre que é um feiticeiro, no dia em que recebe uma carta da maior escola de feitiçaria do mundo dizendo que há um lugar à sua espera. Segue-se então uma aventura recheada de bruxos, feitiços, varinhas mágicas e poções feitas com asas de morcego, olhos de barata e sangue de dragão.

A escola é um castelo cheio de passagens secretas, alçapões, fantasmas simpáticos que por lá moram e crianças iguais a todas as outras, mas que estudam matérias um pouco diferentes.

É na escola que Harry descobre os seus poderes, aprende a jogar Quidditch – o desporto dos feiticeiros, jogado em vassouras voadoras – e leva a cabo uma expedição contra um feiticeiro malévolo que ameaça assombrar as vidas dos outros feiticeiros tanto como a dos “Muggles” (é assim que os feiticeiros classificam as pessoas normais).

O grande trunfo desta história reside no uso e abuso daquelas coisas que habitam o nosso imaginário, e que vão desde o fascínio por um castelo assombrado até aos bruxos de vassoura e caldeirão mágico. Ao contrário do que é habitual em todas as histórias com este tipo de personagens, aqui os bruxos não são maus, não são o inimigo do herói. O próprio herói é um bruxo, e todos eles são apenas pessoas, boas e más como todas as outras.

A forma como o universo da magia co-existe com o universo dos Muggles é outro ponto a favor desta história, que prima tanto pela originalidade como pelo humor e simplicidade que lhe permite ser um best seller totalmente universal, e mesmo para todas as idades. Um livro para toda a família, a não perder!

Diz a sinopse da obra que:

<< Harry Potter é antes de mais o fenómeno editorial de 1999. É-o porque demove crianças de jogos de computador e de infindáveis horas frente ao televisor. É-o porque está traduzido em cerca de 30 idiomas. É-o porque tem angariado os mais importantes prémios de literatura infanto-juvenil . É-o, por fim e entre outras inúmeras razões, porque ocupa há meses consecutivos os primeiros lugares das mais importantes listas de vendas mundiais. Mas Harry Potter, o personagem dos livros de J. K. Rowling, não é um herói habitual. >>

Um dos últimos grandes sucessos literários do século. Magia e humor para agradar a toda a família – uma história de crianças, para adultos.

Outras aventuras neste mundo mágico que podes descobrir:

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]