Contos fantásticos de Natal

1150
Contos Fantásticos de Natal
Contos Fantásticos de Natal

O Natal na literatura. O Natal do Inverno, da neve, dos presentes, das ceias, da consoada, das decorações natalícias, mas também o Natal de estranhos acontecimentos O Natal da imaginação, dos fantasmas, das tradições fantásticas, das baladas e das lendas. Um Natal em que tudo pode acontecer. Numa publicação da Editora 101 Noites.

Quatro contos inéditos de autores consagrados da literatura mundial que, no século XIX, fizeram da quadra natalícia o cenário para quatro histórias surpreendentes, agora publicadas sob o título “Contos Fantásticos de Natal“.

Nathaniel Hawthorne, um dos pioneiros do romance norte-americano; Charles Dickens, um dos autores ingleses mais lidos de todo o mundo e quem popularizou o conto de Natal vitoriano;

Guy de Maupassant, o escritor francês menos compreendido do realismo literário francês, e um dos que mais contribuiu para a tradição literária do conto;

Robert Louis Stevenson, o autor escocês de um dos livros emblemáticos da infância de muitos, “A Ilha do Tesouro“, mas também da novela fantástica “O Médico e o Monstro“.

Os textos aqui reunidos são ilustrativos não só da tradição literária originariamente anglo-saxónica do Conto de Natal, como também da forma como esta mesma tradição adquiriu, desde os seus primórdios, um carácter fantástico, no qual o sagrado e o profano se encontram num ritual de magia ancestral.

Pelas raízes simultaneamente populares e cristãs do milagre da Natividade, a Noite de Natal presta-se à efabulação, ao sobrenatural, às histórias contadas em redor da mesa ou da lareira, às histórias dos escritores.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]