O que as mulheres precisam de saber sobre o automóvel

1307
O que as mulheres precisam de saber sobre o automóvel
O que as mulheres precisam de saber sobre o automóvel

Porque é que os homens se gabam sempre de perceber mais de automóveis do que nós? Se calhar a resposta está em si. Já pensou em inteirar-se melhor da forma como o seu automóvel funciona? Ou para si a única coisa que interessa é a chave de ignição?

Pois é, nem neste campo podemos deixar que eles nos batam e para não ficar com ‘a cara à banda’ para a próxima vez que ouvir aqueles conversas de oficina, ou que o mecânico lhe diga que a descrição do arranjo é muito complicada para si, aqui ficam algumas informações sempre úteis.

Vamos conhecer o automóvel

Vamos conhecer alguns dos mais importantes componentes do automóvel (e que não são apenas as vistosas jantes ou o forro em cabedal dos assentos). O primeiro lugar vai para o motor, sem o qual o carro não passa de uma carcaça (não se assuste é mesmo este o termo).

Assim, o motor tem como missão transformar a energia química contida no combustível em energia mecânica de movimento, aproveitando a força expansiva dos gases que se queimam no interior dos cilindros e fazendo girar um veio cuja rotação se transmite às rodas.

No caso dos carros a gasolina, esta é enviada para a bomba de alimentação e depois do depósito para o carburador, no qual se mistura com o ar e juntos entram no filtro respectivo. Esta mistura é aspirada para os cilindros onde é comprimido e posteriormente inflamado por uma faísca eléctrica.

Quando os veículos são movidos a gasóleo, este é finamente pulverizado ao ser injectado directamente no cilindro e quando o ar é aspirado já se encontra comprimido. A compressão aquece o ar e o combustível arde à medida que é injectado.

Para evitar o excessivo aquecimento do motor existe uma ventoinha que arrefece o ar e um sistema de refrigeração de água que se encontra no radiador cujo nível deve verificar de vez em quando.
Como no interior do veículo há muitas peças que roçam continuamente umas pelas outras, é necessário usar óleo para lubrificá-las e também o nível deste deve ser verificado de seis em seis meses ou ao fim de 5000 km, sendo também razoável verificar ambos estes níveis antes de uma viagem longa.

Segue-se a embraiagem, activada por um pedal no interior do veículo e que tem como missão transmitir o movimento de rotação do motor às rodas. A embraiagem é necessária também como complemento à caixa de velocidades, que é usada para variar a força aplicada às rodas ou à velocidade através de um conjunto de rodas dentadas que ficam abertas quando carregamos na embraiagem o que permite manobrar a alavanca das mudanças. O ponto morto da alavanca é quando o motor gira mas o carro não se move.

Os travões, indispensáveis para afrouxar a marcha ou parar o movimento, accionam-se com um pedal pelo condutor. Nesta altura, placas forradas com amianto (pastilhas) aplicam-se contra os discos de travão que se encontram junto das rodas e o atrito detém o disco sem chegar a provocar a paragem brusca da roda e o calor gerado com o atrito dissipa-se com o ar da marcha.

A suspensão e os amortecedores, principais vítimas das nossas estradas esburacadas, permitem um maior conforto aos passageiros e a maior estabilidade possível ao veículo. A transmissão tem por fim, como o nome indica, transmitir o movimento de rotação da caixa de velocidades ao eixo motor.

Outras peças fundamentais no automóvel são as velas de incandescência, que fazem saltar a faísca que inflama a mistura de ar e combustível, sendo os impulsos de corrente enviados através do distribuidor de tensão.

Depois desta pequena lição, já pode demonstrar os seus conhecimentos face ao seu companheiro masculino, mas se ele insistir em que isto de mecânica não é para mulheres, pergunte-lhe se ele sabe o que é uma árvore de cames e diga-lhe que se trata de um veio rotativo provido de excêntricos e destinados a accionar as válvulas do motor. É movido por corrente, carretos ou correia, a partir da cambota. Pode, também, ser chamado de veio de excêntricos. E fica o assunto arrumado.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]