Como prevenir os acidentes domésticos

1399
Como prevenir os acidentes domésticos
Como prevenir os acidentes domésticos

A maioria dos acidentes domésticos ocorre por falta de precaução das pessoas. Azar ou sorte, a verdade é que são ainda muitas as mulheres que sofrem com este género de acidentes.

Ainda que a maioria dos acidentes suceda por uma questão de falta de precaução, a verdade é que são muitas as pessoas que sofrem alguns destes acidentes apenas por serem distraídas. Quantas vezes já não lhe aconteceu queimar-se no forno?

E cortar-se enquanto descasca as batatas? E cair naquelas escadas que o seu companheiro está farto de lhe dizer para se arranjarem?

Como prevenir os acidentes domésticos

A verdade é que a maior parte dos acidentes domésticos tem a ver com quedas ou tropeções, sendo que uma minoria dos mesmos está relacionado com cortes, queimaduras, ou com colisões menos graves em determinados objectos.

Porém, é necessário ter bem presente que a maioria dos acidentes acontecem em parte, por falta de precaução das pessoas, isto é, se as pessoas fossem mais cuidadosas muitos deles eram evitáveis.

Não se arme em super mulher! Para quê chegar ao topo daquele armário com um banco dos pequenos, e colocar-se depois em bicos de pés?

Primeiro, o banco pode partir-se, e isto nada tem a ver com a sua silhueta mas o mesmo pode já estar velho, e depois pode partir uma perna, um braço, ou suceder-lhe algo bem pior. Por isso, recorra antes a um escadote e peça a alguém para lho segurar. O mínimo de desequilíbrio pode ser fatal!

Os acidentes enquanto está a tomar banho são também uma constante. Entra à pressa na banheira, porque o tempo parece voar e tem que estar àquela hora no escritório, e acaba por escorregar. Moral da história: você cai e pode mesmo aleijar-se seriamente!

Pode sempre utilizar um daqueles tapetes que permitem que não escorregue, e assim os riscos já são bem menores. Contudo, entre na banheira calmamente e nada de pressas!

O chão molhado é o maior aliado para você mandar uma queda ou outra, e disto você já sabia. Então, porque teima em correr nesses momentos para ir atender o telefone?

Quando alguma coisa está molhada reúne, logicamente, maiores probabilidades da pessoa vir a cair. Assim, tem duas opções: ou anda devagar pelo chão, embora assim fique tudo sujo à mesma, ou lave-o apenas quando souber que não vai ter que se andar a movimentar pela casa. Sempre é mais seguro!

A casa deve estar bem iluminada! Se teimar em ir à casa de banho às escuras, e se há pouco tempo mudou a decoração da sua casa, habilita-se a ir ao encontro de algum objecto, parti-lo, e aleijar-se a sério.

Por isso, convém ter sempre iluminação na casa inteira, mesmo em sítios bem iluminados pela luz da sol, pois à noite as coisas não são assim tão vistosas.

Cuidado com as escadas! Se as mesmas são muito íngremes, demasiadamente estreitas, e se as limpa com um produto que provoca que as mesmas fiquem muito escorregadias, há que ter bastante cuidado! Uma queda das escadas abaixo pode ser bastante grave!

Aconselhamo-la também a andar sempre com qualquer coisa calçada, e com a qual se sinta confortável. Assim, não escorrega tão facilmente e não corre o risco de pisar algo que a fira na pele.

Muita atenção ao gás e lume! As fugas de gás podem ser muito perigosas e ter consequências com proporções alarmantes em torno de si e dos seus. Verifique sempre se fechou o gás antes de sair de casa, assim como as torneiras. Quanto ao lume, é preciso ter muito cuidado ao fritar ou aquecer coisas. Uma labareda pode causar graves estragos em si!

Está certo que há pessoas que têm mais sorte que outras, mas também é verdade que as precauções tomadas são essenciais para garantir a sua segurança e a dos seus.

Nada de aventuras desnecessárias, e tome todas as proveniências para que a sua casa esteja ‘protegida’ de situações motivadas apenas por descuidos seus. No entanto, não se esqueça que ninguém está livre deles! È que, por vezes, o azar bate mesmo à sua porta!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]