5 frases que não deve dizer numa discussão

8649
Discussão entre o casal
Discussão entre o casal

Discutir a relação é uma das partes difíceis num relacionamento mas que acontece.

Poucos são os que gostam de falar sobre os problemas que os incomodam no dia a dia da vida do casal – e, entre os homens então, essa é uma reclamação muito frequente: eles, simplesmente, não querem discutir um relacionamento num interminável diálogo sem nenhum resultado visível.

Saber conduzir a famosa “discussão” de uma forma produtiva é fundamental para aqueles que pretendem tirar algum resultado válido, para limar aqueles detalhes da vida a dois que não estão em pleno funcionamento. Para isso, aprenda a controlar as palavras que saem da sua boca.

Acabou!” – Pode parecer complicado manter o autocontrole quando se está com um problema na relação, mas não deixe que o nervosismo assuma o controle sobre as suas decisões. Colocar um ponto final numa relação num momento de acesa discussão não resolve a questão e ainda cria um problema novo: se, quando estiver mais calma, se arrepender, terá que voltar atrás e pedir perdão. O ideal é evitar colocar o “ponto final” em qualquer coisa antes de ter certeza absoluta de que é mesmo isso que pretende.

Está tudo bem” – Para quê iludir? Se ambos estão a conversar sobre um determinado problema é porque, provavelmente, algo os está a incomodar. Fugir do tema ou tentar demonstrar que se sente melhor do que realmente se está a sentir não é a melhor opção. Não é por dizer que está tudo bem que o seu namorado/marido vai perceber que não está. Esse tipo de códigos não funciona com os homens (infelizmente). Seja clara e explique como se sente de verdade. É melhor por logo todos os pontos nos i’s.

És igual a ele” – Por “ele”, entenda-se todo e qualquer ex-namorado seu ou namorado de alguma amiga sua. Não o compare a outras pessoas. Lembre-se que a “discussão” só serve para esclarecer o que não está bem na relação, e não para travar uma batalha de palavras e insultos, que não levarão a lado nenhum.

Odeio-te” – Algumas variações desta frase são: “és ridículo”, “és um idiota” e “não quero voltar a olhar para ti”. Se está realmente a sentir vontade de usar uma dessas expressões, talvez seja melhor reavaliar este relacionamento em que está envolvida. Este tipo de desabafos pode significar que os problemas são ainda maiores do que aquilo que imaginava e não poderão ser solucionados com uma simples conversa. Se perceber que está apenas a exceder-se naquilo que está a dizer, aprenda a controlar-se melhor e a direccionar a “discussão” para um resultado mais positivo.

A culpa é tua” – Por pior que seja o erro que ele tenha cometido evite usar esta frase. Normalmente, quando um dos dois comete um erro, é porque algo já o estava a incomodar a algum tempo.

Procure analisar o seu comportamento e encontrar uma justificação para o comportamento dele, caso perceba que realmente você não fez nada, vale a pena repensar a relação e ponderar se vale mesmo a pena continuarem juntos, mas nada de discussões.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 1]