Inicio Pessoas As nossas crónicas Crónica: Da Universidade Moderna à Gomes Freire

Crónica: Da Universidade Moderna à Gomes Freire

Cronistas da MulherPortuguesa
Cronistas da MulherPortuguesa

O ensino superior cresce a olhos vistos. Desde as universidades públicas, aos politécnicos, escolas superiores, até se chegar às universidades privadas. Referir nomes de entidades não será necessário, porque hoje apenas nos interessa uma. Modernices à parte, e o Reitor José Júlio Gonçalves da Universidade Moderna foi mesmo detido…

Da Universidade Moderna à Gomes Freire

O processo teve a sua data de nascimento logo no início de 1999, quando surgiu um relatório do Serviço de Informações e Segurança-SIS, com informações menos respeitáveis sobre as condutas legais e financeiras da Universidade Moderna.

O caso na altura foi tão comentado, que surgiram divergências na investigação, originado mesmo o pedido de demissão de Fernando Negrão, o Director Geral da Policia Judiciária.

Divergências à parte e parecia que as chamas que acendiam este caldeirão de contas e números, se estava a extinguir aos poucos. Mas, parece que o desejo não significava a realidade e ontem, ao fim da tarde, enquanto muito descontraidamente desfilava pelos distintos caminhos do Cascais Shopping, eis que o Reitor da Universidade Moderna foi detido pela PJ.

. pub .

De facto, desde há um ano para cá muito se falava desta polémica mas, como rosto de uma instituição de ensino superior privada, é um pouco inadmissivel que alguém de tal porte venha atribuir este exemplo aos discípulos da casa. A Universidade Moderna não perdeu, temporariamente ou não o seu Reitor, como também o Vice Reitor, José Vitoriano e os dois filhos do Reitor, João e José. E assim, se destrói uma famíla…

Ao que consta cerca de mais 16 pessoas são consideradas arguidas neste duradouro processo, que tem como essência e principais motivos da detenção: burla, gestão danosa, tráfico de influências e fuga fiscal.
Proveniente de Pampilhosa da Serra, o Reitor da Universidade Moderna, nunca julgou que após ter construído e lapidado um curriculum muito positivo, poderia alguma vez vir a ser convidado a passar a noite, na Zona Prisional da PJ, mais propriamente na Rua de Gomes Freire.

José Júlio Gonçalves, o homem que esta semana está na moda, tem 71 anos e possibilitou o nascimeno de três novos seres no mundo. Doutorado em Ciêncais Políticas na Universidade de Madrid e desde a fundação da Universidade Livre, o Reitor tem vindo a dedicar-se por completo à Universidade Moderna. É perfeitamente compreensível a dedicação à instituição, mas permita-me que lhe diga Magnânimo Reitor: tanta dedicação é um pouco demais..

As universidades privadas recebem quantias indescritiveis todos os meses, e parte delas provêm das pessoas que por lá estudam ou passeiam, consoante o caso. Se a dita geração é rasca o que diremos, com este brilhante exemplo entre outros que não vale a pena referir, das gerações passadas. Reflictam sobre isto…

No dia em que, estava marcada a inauguração para a entrega dos diplomas dos licenciados, o negro era a cor predominante. Certamente, as capas fizeram justiça à sua cor, num fatídico dia em que o luto pintou a Universidade Moderna…

As capas fizeram justiça à sua cor, num fatídico dia em que o luto pintou a Universidade Moderna…

Cronista da Mulher Portuguesa: Ana Amante

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]
Exit mobile version