A participação de Portugal nas Olimpíadas ao longo dos tempos

1968
Portugal e as Olímpiadas Sydney 2000
Portugal e as Olímpiadas Sydney 2000

Esta ano a comitiva portuguesa é a maior de sempre a representar o nosso país nos Jogos Olímpicos. E como foi no passado?

Portugal nas Olimpíadas

Portugal participou pela primeira vez nas Olimpíadas no ano de 1917, onde foi obtida uma boa qualificação na prova de espada, apesar do Comité Olímpico Português estar formado desde 1912. na sua presidência esteve José Pontes e como Secretário-Geral Francisco Nobre Guedes.

Nas Olimpíadas de Paris, Portugal conquistou uma medalha de bronze em Hipismo e em 1928, na cidade de Amsterdão mais uma medalha para a prova de esgrima. Na prova que decorreu em Berlim, no ano de 1936, a comitiva foi muito reduzida devido à falta de meios financeiros, mas mesmo assim foi conquistado o 3º lugar em Hipismo.

Em 1948 Portugal alcançou duas medalhas em Vela e em Hipismo, embora o subsídio oficial do Estado tivesse sido cortado e foi necessário recorrer a uma cotização para cobrir as despesas.

A medalha em Vela foi conquistada de novo em 1960, ano em que a representação portuguesa esteve em perigo de não participar devido ás divergências e á falta de meios.

As medalhas só voltariam a brilhar ao pescoço dos portugueses em 1976, nas provas de Atletismo e de Fosso Olímpico. Em 1984, Los Angeles, são conquistadas quatro medalhas, uma delas de ouro, pelo atleta Carlos Lopes na Maratona.

Rosa Mota alcança o mesmo êxito na Maratona Feminina, nas Olimpíadas de 1988, em Seoul e em 1996, nas provas de Atlanta duas medalha são conquistadas.

O ano 2000 recebe a XXVII Olimpíada em Sidney, na Austrália e a comitiva portuguesa estará representada por 63 atletas, 50 homens e 13 mulheres. Vejamos quem são:

É o atletismo que trás mais esperanças para Portugal , porque parece que correr é o que os nossos atletas fazem melhor. A representação deste ano passa por António Pinto, Fernanda Ribeiro, Domingos Castro, Carla Sacramento, Rui Silva, Manuela Machado, Carlos Calado e Susana Feitor e todos os olhos vão estar postos nas pernas mais velozes de Portugal .

Mas como correr não é o único ponto forte dos nossos atletas, Marco Vasconcelos vai apostar forte no Badminton, Vítor Gamito, nome conhecido nas voltas em bicicleta vai continuar a pedalar para Sidney e João Gomes representa a esperança em esgrima.

Nas artes marciais três atletas vão medir forças com os melhores do mundo: Filipa Cavalleri, Pedro Soares e Michel Almeida.

Na água e como peixes estão Nuno Laurentino e José Couto, nas provas de natação e como Portugal é um pais ligado à água e ao mar, mais duas provas são representadas. Fazendo de novo valer a importância da prova de Vela, Hugo Rocha e Nuno Barreto vão lutar pelos lugares cimeiros e em Voleibol de praia, a dupla João Brenha e Miguel Maia lutam por uma medalha que lhes escapou por pouco nas Olimpíadas de Atlanta, onde conquistaram o quarto lugar.

A torcer e sofrer por todos eles, deste outro lado do mundo, vão estar milhares de corações lusitanos.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]