Quais os sinais de contaminação nos cosméticos

0
1201

Os cosméticos compreendem diversos grupos de produtos, mais ou menos importantes a nível da sua conservação.

Há produtos cosméticos que dificilmente se estragam devido aos ingredientes que o constituem, como é o caso dos vernizes e produtos para as unhas, os tónicos para cabelos com elevada concentração de álcool e os perfumes.

No entanto, há outros grupos de cosméticos como por exemplo cremes, nutritivos e soros, muito susceptíveis de se estragar, se não forem devidamente protegidos e usados nas devidas condições de higiene.

A validade de um cosmético é assim muito importante, especialmente a dos cremes, que cada vez são mais nutritivos, é tão importante como a validade dos alimentos, pois os cosméticos são na realidade alimentos para a pele, que contêm ingredientes que podem ser absorvidos pela corrente sanguínea.

Os cosméticos são sujeitos a testes de estabilidade quando ainda estão em fase de desenvolvimento. O cosmético é sujeito a condições extremas, normalmente de temperatura e são analisados os parâmetros físico-químicos, sensoriais e microbiológicos ao longo do tempo, os testes em concreto dependem do tipo de cosmético, mas geralmente é analisado a consistência, valor de PH, cor, cheiro e determinação de micro organismos, totais e pato­génicos.

Conservação dos cosméticos

Para que os cosméticos fiquem em bom estado de conservação, estes devem ser guardados em ambientes temperados. Não devem estar sujeitos a temperaturas elevadas, nem sob condições de muita humidade e devem ser manuseados sob condições de higiene.

Por exemplo basta uma mão suja, para contaminar um creme. Se o creme em ques­tão tiver de ser aplicado com a mão, deve-se sempre lavar muito bem as mãos antes de colocar o dedo dentro do creme. Evitar colocar o cosmético perto de uma fonte de calor ou luz, como por exemplo janelas, luz forte do espelho…

Ao abrir os cosméticos, devemos consumi-lo normalmente. Isto porque, apesar da validade do produto por vezes ser de 3 anos, após a abertura do produto, já não é mais 3 anos.

Sinais de contaminação do cosmético

Um cosmético pode estar em mau estado devido a diversos factores, e cada factor pode conduzir a diferentes sintomas. A sua validade pode ser limitada por instabilidade da própria fórmula, e normalmente este tipo de problema não causa grandes problemas de saúde, apenas não é agradável usar (alterações de cor e de textura).

Outra hipótese para estar em mau estado, é a fórmula ser, de algum modo irritante, devido aos ingredientes ou alguma interação e não ser segura, apesar de aparentemente ter bom aspecto. Este tipo de problema, assim como usar um cosmético não adaptado ao tipo de pele em questão, pode trazer problemas dermatológicos, alterações da cor da pele (normalmente vermelha), secura e escamações.

Um cosmético pode ainda ser contaminado por micro organismos, e aqui a diversidade é grande. Há vários micro organismos causadores de doenças de pele e também há micro organismos que estragam os cremes, sem que causem doença. Os mais perigosos são os que causam doenças, pois normalmente não alteram o aspecto do cosmético, estes podem originar micoses (comichão, secura e escamação). Se a contaminação for por bactéria (borbulhas, pus, etc…) pode mesmo ser necessário tomar antibiótico.

Sempre que ao aplicar um cosmético sentir sensação de irritação, picadas, vermelhidão, escamação, é porque o cosmético está a provocar reacção. Pode não estar contaminado e estar tudo bem com ele e apenas causar essa sensação, por não estar adaptado ao tipo de pele.

Normalmente, os sintomas de um cosmético contaminado passam por comichão, escamação, vermelhidão e as mais comuns são as micoses e borbulhas (inflamações causadas por micro organismos).

Resumindo e concluindo: os produtos, sejam maquilhagem, cremes ou outros produtos de beleza têm uma aparência, cheiro e consistência própria.

Quando estão contaminados ou fora de prazo, podem apresentar certos sinais indicativos de risco para a saúde.

Quando deve substituir o seu cosmético:

  • Alteração de cor, cheiro, gosto ou apresentar bolinhas (batom).
  • Endurecer totalmente ou provocar ardor e olhos inchados (máscara).
  • Esfarelar, agarrar ao pincel ou apresentar sinais de mofo na embalagem (sombra, blush, pó compacto).
  • Alteração de cor, mau cheiro ou humidade (pó facial)
  • Borda escura (base).
  • Alteração da cor ou textura (lápis de olhos e contorno de lábios).
  • Fórmula endurece totalmente (verniz).
  • Alteração da cor, de cheiro, consistência mais líquida ou endurecida (creme).
  • Alteração da textura ou do cheiro, endurecer (champô e amaciador).
  • Alteração a cor e consistência (protector solar).
  • Alteração do cheiro ou da cor (perfume).

O próximo passo a fazer uma operação de limpeza aos seus cosméticos.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]