Exercícicos para diferentes tipos de Corpo

0
944

Há aquelas pessoas que são estreitas em cima e mais cheias na zona abaixo da cintura. Mas, existem também aquelas cujo corpo apresenta um formato oposto. Conheça o exercício ideal para si.

A forma do seu corpo não lhe agrada minimamente, mas é a aquela que tem a possibilidade de ter. O que mais a irrita é que, e por mais dietas que faça, não consegue fazer desaparecer essa barriguinha ou essas ancas salientes. Faz verdadeiros sacrifícios, emagrece substancialmente em determinadas zonas, mas os efeitos dessa dieta nunca conseguem alcançar a totalidade do seu corpo e, em particular, essa zona que a perturba.

O seu corpo tem uma forma específica e muito parecida à estrutura do corpo dos seus pais. Porquê? Porque a forma do corpo é delineada e definida a partir de características genéticas. Se a sua mãe tem umas ancas largas é mais que certo que acontecerá o mesmo consigo tal como, se o corpo da sua mãe é mais largo da cintura para cima o seu seguirá exactamente a mesma linha.

Assim, a forma do corpo está ligada a questões genéticas e, ainda que as dietas possam ajudar, muito dificilmente conseguirão alcançar o padrão que desejaria. Existem dois tipos gerais de corpos: aqueles cuja gordura está na barriga e estômago, enquanto que na parte inferior a gordura é quase inexistente. Há depois os outros corpos, cuja gordura está na parte inferior, mais propriamente nas ancas e nas coxas, embora na parte da cintura e na zona superior seja relativamente magra.

Se tem algumas dúvidas em qual destes dois grupos se insere, a solução é medir a sua cintura e depois a anca, dividindo posteriormente o primeiro resultado pelo segundo. Se esse resultado for superior a 0.85, então você é do primeiro tipo, com a gordura acumulada na parte superior, mais propriamente no estômago e na cintura. Para se ser ainda mais precisa, e caso tenha constatado que pertence a este grupo, meça mais detalhadamente a sua cintura. A fita métrica deve ser colocada entre a última costela e o osso da anca, e após ter expirado calmamente todo o ar que tinha dentro de si.

Tenha em atenção que se a sua cintura medir mais que 88 cm deve de imediato começar a perder peso, mas se medir mais que 80 cm livre-se de engordar uma gramo que seja. Abaixo deste limite, deve comer com regra e precaução pois nunca se sabe o que o futuro reserva. Para este tipo de pessoas, mais fortes na parte superior da zona da cintura, aconselhamo-la a fazer muitos abdominais para enrijecer os músculos e o estômago. A aeróbica ou os exercícios de resistência são uma excelente e eficaz opção, para conseguir moldar o corpo um pouco mais à sua maneira.

As pessoas que se insiram no outro grupo ou seja, com mais gordura na zona inferior, devem optar por exercícios de resistência às coxas e nádegas. Um pouco de musculação, centrada na zona superior do corpo, é muito positivo para que possa definir melhor o corpo equilibrando-o em largura. Use pesos e desenvolva ombros e costas e, já agora recorra à aeróbica, pois também para este género de corpo é boa alternativa.

Faça regularmente exercícios e coma moderadamente, com o máximo de nutrientes e o mínimo de calorias. Ainda que possa não notar no presente, daqui a uns anos o corpo demonstrará os sinais de uma alimentação pobre e excessivamente desiquilibrada. A alimentação ajuda, mas a chave para a perfeição inclui também algum exercício físico. Não se esqueça!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]