O desejo de perder peso

0
2680

Nunca estamos satisfeitos com o nosso peso! A maioria das pessoas pretendia perder peso, mas são ainda muitos os que gostavam de engordar um pouco.

Conheça a solução para ambos os casos!

O sonho da maioria das mulheres é ter um corpo perfeito, semelhante ao das modelos, e poder comprar aqueles modelos de roupa que assentam tão bem num corpo esbelto. Vive-se numa obsessiva contagem de calorias para garantir que não se engordou nem mais um grama, pratica-se exercício físico, tudo em prol da boa aparência física. Todavia, perder peso não deve ser uma obsessão, mas sim uma forma saudável de levar a vida, comendo de tudo um pouco, mas com moderação.

A verdade é que muitas pessoas, não só em Portugal como um pouco em todo o mundo, estão a aumentar de peso. O método como conduzem a sua vida não lhes permite seguir uma alimentação correcta, optando por lojas de fast food, e quase sem tempo para dar uma corrida, nem que seja semanal. Por isso, o estado de saúde alimentar da população mundial começa a ser um pouco preocupante. Come-se mal, mas passar fome não é a solução para resolver esse problema. Esta atitude só vai piorar ainda mais o seu problema!

Aconselhamos, por isso, a dar uma importância extrema à prática de exercício, comendo alimentos com menos calorias, e reduzir as porções de comida, mas nunca deixar de comer! Estar sempre a engordar e a emagrecer vai também trazer-lhe mais problemas, como é o caso do aparecimento de estrias, e o ideal é ter sempre um peso constante. Assim, e depois de eliminar esses quilos a mais, a solução é manter o peso.

Comece, de início, por comer alimentos com menos calorias e reduza substancialmente as gorduras. Opte por comer alimentos ricos em fibras, e não tenha receio de incluir diariamente no seu cardápio frutas ou vegetais. Não dispense as batatas, o arroz, as massas ou o pão, mas não abuse dos fritos. Prefira, por exemplo, o pão integral e as batatas cozidas, em vez das fritas. Corte com o tabaco, beba menos álcool e café.

Prefira comer muitas vezes ao dia em vez de se encher de proporções enormes ao almoço e jantar. Ao comer muitas vezes ao dia, em quantidades reduzidas, não sentirá tanta fome, mas atenção que essas refeições devem ser saudáveis e não à base de gorduras ou sandes. Há quem defenda a ausência de água às refeições, mas a verdade é que a água ajuda a sentir o estômago mais cheio. Assim, o seu cérebro envia ao estômago a mensagem que já está satisfeito num período de tempo mais escasso.

Todavia, existem pessoas com um peso muito baixo para a idade e altura que possuem. Grávidas, idosos ou crianças necessitam de uma alimentação cuidada, mas que preencha os requisitos fundamentais para garantir um peso saudável. Se no seu caso precisa de ganhar peso, saiba que o ponto de partida é fazer um esforço e começar a comer refeições em porções maiores. Opte por comer a maior variedade de alimentos possível, para garantir que o seu corpo não está a precisar de nenhum em especial.

Para as pessoas com um peso abaixo do normal é necessário que haja um controlo das calorias e proteínas ingeridas. Ainda que o excesso de gorduras seja prejudicial ao organismo, a verdade é que também elas têm um papel importante para o nosso corpo, desde que se enquadre em determinados limites. Nos casos de pessoas com um peso deficiente não as rejeite jamais!. Além das gorduras e calorias, deve também incluir nas refeições diárias óleos e açúcar para garantir um aumento de peso.

O exercício físico em ambos os casos é importante, quer seja para perder ou para estimular o apetite, ganhando peso. O stress ou os problemas pessoais, sejam eles de que ordem forem, podem ser os responsáveis por esse aumento ou redução de peso. Por isso, e além de verificar a sua alimentação, convém fazer também uma análise geral à sua vida, pois muitas vezes o motivo para as alterações do seu peso têm aí a sua origem. Cuide de si!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]